Pesquisar

Carregando...

20 de fevereiro de 2010

MAIS VALE VENDER O NÚ - Da educação para a pornografia.



MAIS VALE VENDER O NÚ.



Revista n°1 – maio de 1969




No dia 2 de maio de 1969, a Bloch Editores lançava no mercado a primeira edição de revista “ÊLE & ELA”.






Todo o conteúdo da revista tinha apenas a finalidade de orientar os casais nas coisas referentes ao sexo. De redação simples porem com muito conteúdo, trazia varias reportagens e orientações médicas, dicas sobre comportamento, casamento e vários temas com o principio básico de “orientação sexual”. Sempre que a revista trazia algum tema especial, este era tratado de uma forma mais sigilosa com encadernação diferenciada para que apenas os adultos tivessem acesso ao material.
Tempos depois, os editores mudaram todo o perfil da revista. Segundo informações na época, a venda da revista não atingiu nem por perto o objetivo dos editores. Desta forma foi criado um novo perfil de edição procurando um novo publico consumidor, usando como modelo, algumas revistas da época como a Playboy que somente era possível a aquisição através de importação.
O sucesso do empreendimento foi muito alem da expectativa.
Desta forma, foi criada uma revista com temas picantes, com bastante mulher pelada e que procurava atender as fantasias do sexo masculino.
Posteriormente foram surgindo outras revistas e hoje o que vemos nas bancas: apenas “mulheres que vendem o corpo como se fosse qualquer produto de consumo”. São mulheres chamadas de “modelo” que provavelmente há alguns anos atrás teriam um titulo mais apropriado e condizente com a profissão.
O incrível de tudo é que, a maioria dos homens acham as mulheres lindas, popozudas, turbinadas e que “não tem nada haver”, porem quando vão assumir um casamento sério, preferem as direitinhas, comportadas e se possível virgem.
É muito difícil......
Achiles Holanha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blogue respeita todos os seus leitores... mas você é especial!
Obrigado pelo comentário!"